Jump to content

Theme© by Fisana
 

Photo
- - - - -

O racismo monocromático do Oscar 2016. *Almir da Silva Lima <posted by macaense>


  • Please log in to reply
4 replies to this topic

#1 macaense

macaense

    Advanced Member

  • Members
  • PipPipPip
  • 7539 posts

Posted 22 January 2016 - 06:31 PM

O racismo monocromático do Oscar 2016.

*Almir da Silva Lima

Pelo segundo ano seguido não existe entre os 20 indicados ao Oscar 2016 (troféu + ´grana-preta´) concedida pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Estados Unidos, ator ou atriz com cor da pele preta/negro/afrodescendente em papel principal ou coadjuvante. Em 2015 o cineasta estadunidense Spike Lee que é negro e considerado militante antirracista, foi agraciado com Oscar honorário. Ressalvando não querer ´ofender´ a afrodescendente presidenta da Academia, Cheryl Bonne Isaacs, Lee questionou: “Como é possível pelo 2º ano consecutivo, todos os 20 candidatos na categoria de ator serem brancos (terem cor da pele branca ou serem euro descendentes)?”.

O cineasta avisou que não comparecerá à cerimônia de entrega do Oscar 2016 na próxima 5ª feira, dia 28 de fevereiro. Solidária com Lee, a atriz Jada Pinkett Smith, mulher do ator Will Smith, ambos negros, sugeriu um boicote ao Oscar: “Nós os negros somos bem-vindos no Oscar apenas para ´entreter e entregar prêmios´. Raramente recebemos reconhecimento por nossas realizações artísticas. Nós, todos juntos, não deveríamos deixar de participar?”. Esclareça-se o ator Will Smith chegou a ser cotado para a indicação ao Oscar 2016 por sua atuação no filme ´Um homem entre gigantes´. Porém, foi esnobado.  Já o cineasta Spike Lee, dentre outros, dirigiu o clássico ´Faça a coisa certa´.        

Lee afirmou: “A verdadeira batalha deve ser travada, não, na premiação do Oscar. Mas, sim nos escritórios de estúdios de Hollywood e das televisões a cabo, onde os guardiões decidem o que vai ser produzido´. Por sua vez, a presidenta da Academia, Cheryl Bonne Isaacs afirmou estar ´triste e frustrada´ ante a falta de diversidade antropológica e prometeu mudanças na equipe de eleitores da instituição para prestigiar as minorias. “Eu gostaria de reconhecer o maravilhoso trabalho dos indicados deste ano, pelas suas extraordinárias conquistas que celebramos. Ao passo eu estou triste e frustrada por causa da falta de inclusão. Essa é uma conversa difícil, mas importante. Chegou a hora de grandes mudanças”.

Segundo Cheryl: “A Academia está tomando passos drásticos para mudar a configuração dos nossos quadros. Revisaremos o recrutamento de membros, para trazer a necessária diversidade na turma de 2016 em diante. Vínhamos implementando mudanças para diversificar os quadros há quatro anos. Eu admito, no entanto, que precisamos fazer mais, melhor e mais rápido”; concluiu. Ela disse isso porque, apesar da Academia não divulgar lista de seus membros, o jornal burguês estadunidense Los Angeles Times publicou em 2012 uma reportagem revelando que 90% dos eleitores do Oscar eram brancos ou euro descendentes, e mais de 70% constituídos de homens, após confirmar 90% da identidade deles.            

A luta antirracista é intrínseca às lutas anticapitalista e anti-imperialista.

No mais imperialista dos países imperialistas o percentual de afrodescendentes é de cerca de 10%, tendo a sociedade capitalista estadunidense desenvolvido burguesias euro descendente e afrodescendente. Lá e no mundo inteiro, as academias são instituições burguesas. A que concede o Oscar é consequentemente dominada por capitalistas e vorazes indústrias como os estúdios de Hollywood e televisões a cabo. Há o agravante das artes e ciências serem dissociadas da política educacional que é quase 100% privada. Para ter-se ideia, os Estados Unidos possuem somente uma universidade pública, situada no bairro nova-iorquino pobre e praticamente afrodescendente, Harlem.

Assim, embora tenham origens pobres e sejam afrodescendentes o cineasta considerado militante antirracista Spike Lee, a atriz Jada Pinkett Smith e a presidenta da Academia, Cheryl Boone Isaacs são adeptos da filosofia paternalista que concebe os afrodescendentes como pobres coitados necessitados da piedade social supostamente para ´humanizar´ o capitalismo e o racismo. Para tanto são defensores do gênero de política chamado de ação afirmativa (AA) também chamada de cota social e a espécie apelidada de cotas baseadas na ideologia e ou crença fundamentalistas da existência de ´raças´ humanas, o racialismo. Neste caso notadamente em relação aos afrodescendentes e indígenas.               

O fato é que no livro Nacionalismo Negro, o mais brilhante dos revolucionários marxistas Trotsky (1879-1940) ensinou: “A luta dos negros (seres humanos com cor da pele preta) na África e países da diáspora contra o racismo e o (imperialismo) colonialismo é específica, estratégica e indissociável da luta de classes”. Já o maior herói mundial de cor da pele preta ou negro, o sindicalista e líder socialista sul-africano Stephen Bantu Biko o Steve Biko (1946-1977) ensinou: “Racismo e capitalismo são os dois lados de uma única e mesma moeda”. Pelo fim do racismo na Academia que concede o Oscar assim como em toda e qualquer instituição dos países do Planeta, em cujas sociedades não haja divisão de classes sociais e ou qualquer forma de opressão!   

*jornalista – é militante do Movimento Negro Socialista (MNS) e da seção brasileira da Corrente Marxista Internacional (CMI) a Esquerda Marxista (EM). 

 


  • 0

#2 macaense

macaense

    Advanced Member

  • Members
  • PipPipPip
  • 7539 posts

Posted 22 January 2016 - 06:44 PM

Um grande ator negro !

 

 

http://assets.nydail...d-obama-jpg.jpg


  • 0

#3 macaense

macaense

    Advanced Member

  • Members
  • PipPipPip
  • 7539 posts

Posted 22 January 2016 - 08:52 PM

A very good blinking actor indeed ! 

 

http://media.salon.c...g7-1280x960.jpg

 

It was in this situation that Barack Obama, Presidential spokesperson UNITED STATES OF AMERICA Corporation, made his state of the union speech last week. The speech started at exactly 911. During the speech, whenever Obama was lying, for example when he was talking about Syria or the economy, his eyes were blinking at a furious pace. It turns out he is not such a good liar after all. Another point, for those who missed it, was that when Obama referred to the United States as the most powerful nation on earth, the head of the Joint Chiefs of Staff refused to stand up.

They know who destroyed the Republic of the United States of America and they will be ready to stand and salute when the US of A has a real president.

 

http://benjaminfulford.net/

 

https://kauilapele.w...mines-and-more/


Edited by macaense, 22 January 2016 - 09:01 PM.

  • 0

#4 macaense

macaense

    Advanced Member

  • Members
  • PipPipPip
  • 7539 posts

Posted 22 January 2016 - 09:18 PM

http://engforum.prav...ed-by-macaense/


  • 0

#5 macaense

macaense

    Advanced Member

  • Members
  • PipPipPip
  • 7539 posts

Posted 23 January 2016 - 12:37 PM

VALE  A  PENA  TRADUZIR:  http://readersupport...f-huey-p-newton

 

 

io de Huey Newton

Por Mumia Abu-Jamal, CounterPunch

22 de 16 de janeiro

 


o aqueles de nós que estavam vivos e sencientes, o nome Huey Newton evoca uma época de resistência em massa, de preto protesto popular e da ascensão de organizações revolucionárias em toda a terra.

Para aqueles de épocas posteriores, os jovens em seus 20 anos, o nome é em grande parte desconhecida, como é o nome de sua maior criação: O Partido dos Panteras Negras.

Para aqueles de nós agora conhecido como "cabeças velhas" e anciãos, essa transição a partir de então para agora parece quase inimaginável, mas, infelizmente, olhando para o presente é uma prova positiva de que o velho ditado, "A história é escrita pelos vencedores" tem mais do que um grão de verdade nisso.

História, ao que parece, é muitas coisas, mas gentil com os oprimidos, não é.

Nunca foi.

Cabe aos oprimidos, de todas as gerações, para sondar as profundezas da história, e para escavar o minério de entendimento, para nos ensinar, não o que aconteceu ontem, mas para ensinar-nos por isso que hoje é como ele é, para que possamos aprender idéias para mudar isso.

Para a história não pertence tanto para aqueles que a viveram, mas mais ainda para aqueles que herdaram isso.

É nesse espírito que nós examinamos a vida de Huey P. Newton.

Huey Newton Percy nasceu em Louisiana em 1942, nomeado para o governador populista LA, Huey Pierce Long (1893-1935); sabe no estado como "o Kingfish".

Como muitos negros na Califórnia, Huey levaria os ritmos do Sul em seu discurso, e quando nervoso, ele subiria para um sotaque desconcertante. Talvez este foi responsável por sua auto-consciência, sua cautela de falar em público.

Sua família, como dezenas de milhares de outros, formaram os últimos pés da grande migração, de voo Preto do Apartheid sul para o norte eo oeste.

Ele entraria pelas ruas de Oakland, um, short, menino bonito delgado, ea perspectiva aterrorizava. Por enquanto seu pai pensou que o nome Huey foi uma homenagem respeitosa a um político dotado, para o disco, ruas urbanas de Oakland, foi um convite para um burro-chicotadas.

Um menino com medo faz o que tem sido feito desde o alvorecer do tempo humano. Ele diz um irmão mais velho. Walter educado ele para atacar a maior cara na embalagem, e como a prevalecer. Chaveados pelo seu medo, Huey iria seguir estas instruções explicitamente.

Ele jogaria seu medo do maior cara no grupo, sob a forma de os punhos, para grande irmão Walter lhe ensinou que a maior cara muitas vezes tinha o maior medo maior que a sua própria. Ele também aprendeu que a melhor defesa era muitas vezes uma ofensa dura.

O poeta Inglês, William Wordsworth (1770- 1850) escreveu: "A criança é o pai do homem". As lições aprendidas na juventude sem barba tornou-se a matriz do homem que se tornou.

Ao descrever seu pensamento na época, Elaine Brown, seu amante e companheiro político, citou como dizendo:

Cada sangue naquela rua era uma ameaça potencial, a menos que eu sabia que ele era um amigo. Após minhas primeiras lutas, porém, eu reconheci que sangrou como eu. . . no momento em que eu me tornei um adolescente, eu estava desafiando o primeiro idiota que olhou para mim errado, e andando por aí com um picador de gelo em um saco de papel. (Brown 252)

Como conseqüência direta destas batalhas de rua, o jovem Newton ganha um apelido em vez pouco lisonjeira: ". Louco Huey" Pode-se quase ouvir este coro grego, sussurrou com uma mistura de medo e fascínio: "Quem aquele garoto '" Quem você ataque do talkin '? "" Que menino bonito, bem ali! "" bagunça Oh-não com ele, isso é loucura Huey. "

Assim, desde a mais tenra juventude, até a idade adulta, Newton estava em pé de guerra. Como não poderia moldar a este homem?

Ele também era um ladrão que levou, para dizer o mínimo, um caminho incomum para aperfeiçoar seu ofício. Para ter sucesso como um ladrão, Newton estudou o código crimes Califórnia! Ele escreveria mais tarde:

Estudei primeira lei para se tornar um ladrão melhor. Descobrir que eu poderia ser preso a qualquer momento e querer estar pronto quando isso aconteceu, eu comprei alguns livros sobre direito penal e roubo e crime e olhou para cima, tanto quanto possível. Eu tentei descobrir que tipo de evidência de que precisavam, as coisas que foram realmente consideradas violações da lei, o que as lacunas eram, eo que você pode fazer para evitar ser cobrado em tudo. Eles tinham uma lei para tudo. Estudei o Código Penal da Califórnia e livros como a Califórnia Evidence Penal e Direito penal Califórnia por Frick e Alarcon, concentrando-se nas áreas que eram um tanto vago (Newton 25)

Newton procurou tais leis vagas, porque eles poderiam ser mais facilmente derrubados inválido para indefinição.

Essa rua e experiências de estudos jurídicos iria revelar-se útil nos próximos anos, pois esse era o início dos anos 60 a média ", um tempo de emergente e agitando o descontentamento social e revolta.

Rosa Parks e Martin L. King Rev. eram nomes conhecidos em comunidades negras em todo o país. Estudantes negros expulso 1960 por sit-ins em contadores de almoço no Sul que evocavam violência branco feio. Antes do fim do ano, mais de 70.000 estudantes estavam engajados em sit-ins, preto e branco. Em 1961, "Freedom Rides" rolou através de estados do Sul em protesto à segregação racial, resultando em violência vicioso por grupos racistas brancos como a Ku Klux Klan.

Em 1963, quatro meninas pretas foram bombardeados em uma igreja Batista, em Birmingham (chamado 'Bombingham'), Alabama. Logo, os trabalhadores brancos e negros dos direitos civis seriam assassinados no Mississippi.

Como esses eventos aconteceram, uma nova invenção chamada televisão realizado essas imagens em milhões de casas pretas em toda a América.

É especialmente irritou Blacks no Norte, para a maioria conseguia se lembrar de infância do sul, e eles sabiam-sabiam, em seus ossos, que, mas para uma viagem de ônibus de oportunidade do Norte, ou oeste, poderia ser eles, sua irmã do bebê, seus irmãos ou pais que já teria sido brutalizados, bombardeadas ou filmados pelos racistas.

Os Watts Riots rasgou toda a área do sul da Califórnia em uma noite quente em agosto de 1965, o resultado de maus-tratos da polícia de motoristas Preto. Para 5 noites, o gueto queimado.

Os crimes mesquinhos de Newton parecia mesquinho de fato contra esse pano de fundo de violência e terror, e o rapaz que uma vez olhou para "sangues" na rua como ameaças, começou a se concentrar em novas ameaças armado homens armados homens brancos, vestido de azul .

Cops, policiais brancos, Sorriso Sarcástico policiais. Policiais dominadora. Cops contratados a partir da América do Sul.

Atravessaram Oakland como gangsters em azul, molestando Blacks à vontade.

Estas forças convergiram para energizar e radicalizar a juventude negra em toda a comunidade, entre os dois estudantes negros em uma faculdade na cidade. Dois alunos de Merritt Jr College, depois de ter lido os discursos de Malcolm X e os ensaios de Frantz Fanon (em Os condenados da Terra), reuniu-se para construir um novo, radical de fato revolucionário-organização.

Huey Newton e Bobby Seale G. iria fundar o Partido dos Panteras Negras pela Auto-Defesa.

A partir de 01 de outubro a 15, os dois homens teriam pena o programa de 10 pontos e plataforma de organizações. Newton tinha 24 anos, Seal foi 30. (Isso foi 1966)

Os homens bater as ruas, organizar e um movimento revolucionário nasceu.

Foi lançado para jovens negros, especialmente gueto juventude, e eles se juntaram, ea organização cresceu. Homens e mulheres jovens se juntaria, e talvez pela primeira vez em suas vidas, estudar-não para um grau, mas para aprender sobre as idéias revolucionárias de lutas em torno da palavra: China, Cuba, Argélia, África do Sul, Vietnã e além.

O BPP (que viria a cair referência a "auto-defesa") iria crescer de sua base de Oakland, e expandir-se para Richmond, e Los Angeles e Seattle, Washington.

Mas os acontecimentos que ocorrem cerca de um ano após sua fundação iria catapultar a organização, com efeito, que a hidroplanagem, em todo o país, explodindo-lo, enviá-lo em mais de 40 cidades em toda a América.

Uma noite quente de verão em 1967, e um carro parar pela polícia de Oakland, resultaria em Huey sendo acusado de assassinato, dois policiais disparou, e Huey enviado para o hospital com um ferimento de bala seu abdômen; ela deu à luz a Livre Circulação Huey, e ao fazê-lo, mudou a trajetória do Partido, a partir de um grupo pequeno, regional para uma questão nacional.

Escritórios abertos em Boston, em Baton Rouge, na Filadélfia, em Chicago, Harlem, o Bronx, Winston-Salem, Omaha, Baltimore, Detroit, cidade Jersey, Kansas City, San Diego, e muito mais. Onde havia comunidades negras, havia militantes negros, mais movidos pelo oratória magistral e martírio de Malcolm X. Estes irmãos e irmãs jovens, em sua maioria adolescentes, formavam o grosso da adesão Black Panther.

Todos estes irmãos e irmãs, milhares, em todo o país, juntou-se, em algum grau, por causa de sua admiração, respeito, e para alguns, a veneração do Ministro da Defesa.

A maioria também não o conhecia. Eles nunca o conheci. Eles lêem dele, e me apaixonei; alguns com ele; alguns com sua incrível visão: um Partido dos Panteras Negras.

Porque Newton era complexo, por isso era a sua criação; ele mudou, constantemente, como ele mudou e desenvolvido. A partir de uma Malcolmite, organização nacionalista, para um nacionalista revolucionário, a um revolucionário internacionalista, a socialista, para maoísta, ao que Newton denominado um Inter-comunalista.

Este foi construção teórica de Newton; que, nações eram apenas ilusões, conjuntos de bandeiras, para, na presença de um poder imperial global (como os EUA); nações eram, na melhor das hipóteses, as comunidades.

Ele acreditava que o poder dos EUA econômica soberanias, para aqueles que controlavam as economias estrangeiras, efectivamente controlada esses estados quebrado; o resto é subterfúgio (Newton 169-170)

Em 1972, Newton, usando a teoria intercommunalist, previu a queda da União Soviética. 1972.

Enquanto os marxistas tradicionais ridicularizou as idéias de Newton, a União Soviética fechou suas portas no dia 26 de dezembro de 1991, dois anos após a morte ignóbil de Newton em uma esquina por um traficante de crack.

Complexo, brilhante, auto-didata, um Ph.D., destemido, cheio de medo, louco, drogado, bonito, louco, talvez todos estes epítetos podia, às vezes, descrever o fundador do Partido dos Panteras Negras.

Se panteras poderia ter o adoraram menos, e amava mais, talvez ele poderia ter sobrevivido; talvez o Partido teria sobrevivido. Possivelmente.

A memória, se você quiser.

O lugar? Death Row, PA Ca. 1996

Seu alto-falante está em discussão com o escritor womanist aclamado, Alice Walker. Estamos lamentando o falecimento de Huey. "Ele deveria ter sido em uma faculdade Preto, ensinando uma nova geração de ativista", eu digo.

"Você está brincando comigo?", Ela pergunta.

"Whaddayu quer dizer?"

"Você não tem idéia da política na academia. Eles fariam qualquer coisa para expulsá-lo! "

"Run-lo? Por quê? Eu acho que ele seria o professor mais popular no campus? Por que você acha que eles expulsá-lo? "

"Você não viu nada até que você tenha visto a política na academia!"

Possivelmente. Mas isso não era para ser.

No entanto, quem poderia negar o brilhantismo de Newton, que é ainda mais notável porque até ele entrou 10º ano, ele era tudo, mas analfabetos?

Huey diz um conto cativante de como o seu segredo foi descoberto. Como irmãos mais novos, ele olhou para seu irmão mais velho, Melvin. E como a maioria dos analfabetos, ele desenvolveu uma memória extraordinária.

Quando Melvin chegou em casa um dia, ele viu Huey recitando de um de seus livros. À primeira impressionado, ele se virou e surpreendeu a juventude, declarando-o analfabeto.

Como ele sabia? O livro realizada nas mãos de Huey estava de cabeça para baixo.

Huey, envergonhado, essencialmente, aprendeu a ler sozinho usando o poder da sua vontade. Ele, portanto, ler devagar, mas profundamente, drenando cada palavra de seu significado (Abu-Jamal 3-5).

Curiosamente, isso pode ter provado uma vantagem de mais tradicionais leitores de Newton, que aprendem seus fundamentos no jardim de infância ou primeiro, segundo graus.

Como assim? Analfabetos, como já sugeriu, dedicar uma quantidade significativa de energia mental para memorizar dados importantes, especialmente para evitar a vergonha de descoberta. Esta não é tarefa fácil. Deve-se por pura necessidade, desenvolver uma maneira de saber que é baseado em ouvir e retenção de dados que os escritores e leitores precoces Nunca atualizar.

Além disso, os analfabetos devem desenvolver formas originais de ver e interpretar e categorizar o mundo. Pois, ao contrário seus colegas alfabetizados, você é incapaz de transmitir e armazenar dados em uma página; você deve armazenar dados em seu modelo mental, interna e, em seguida, desenvolver os mecanismos de recuperação.

Tal pessoa parece, em certo sentido, um pensador livre, capaz de questionar, de fazer sentido, e definir o mundo em sua própria maneira.

E tudo isso deve ser feito sob o estresse psicológico constante e presença de descoberta, que evoca vergonha.

Isto pode explicar a intensidade do Huey, e sua incapacidade constante de falar diante de grandes platéias, o que deve ter parecido insuportável.

Da mesma forma, uma vez que se descobriu que Huey era analfabeto, ele usou a energia mental considerável para aprender, para ensinar-se, essencialmente, que a arte oculta. Tal processo deve ter liberado enormes forças que poderiam agora ser dedicadas à aprendizagem tardia, cognição e retenção.

Co-fundador Bobby Seale escreveu que Newton leu o livro, Os condenados da Terra pelo psiquiatra revolucionário, Frantz Fanon, algumas vezes (6 Seale 25). Este texto, traduzido do francês nativo de Fanon, é um trabalho difícil para qualquer leitor. Pensa-se profundamente informado Newton em conceitos de descolonização, anti-imperialismo, movimentos de independência Árabes Unidos, a tortura e os seus traumas resultantes, tanto sobre o torturado eo torturador.

Foi também uma cartilha sobre os oprimidos deve enfrentar o opressor how-violência revolucionária.

Como essas idéias não prova definitiva na fundação e formação do Partido dos Panteras Negras? O conceito de Black America como uma colônia e branco América como a Mãe País pode ser explicado por idéias de Fanon da luta colonial contra os poderes opressivos, exploradores europeus imperiais.

O livro, Os condenados da Terra, tão influente para os fundadores do partido, tornou-se leitura obrigatória para os membros, e muitas vezes foi discutido em aulas de educação física. Como ele foi escrito por um homem negro ativamente engajados em um esforço revolucionário do Norte Africano, ele assumiu um brilho adicionado e influência.

Na verdade, obra-prima de Fanon foi tão altamente considerado nos anos 60 e início dos finais dos anos 70 que ele foi chamado de "O Manual da Revolução Black '.

Mente de Huey

A mente de Newton parecia nunca para descansar, para ele ler uma vasta gama de literatura para responder a perguntas de existência. Ele encontrou os escritos do filósofo alemão Friedrich Wilhelm Nietzsche (1844-1900), especialmente o seu A Vontade de Poder e Beyond Good and Evil, especialmente influente.

Enquanto não citando-lo explicitamente, já em 1971, o quinto ano de existência do Partido, a influência de Nietzsche pode ser visto no artigo de 05 de junho de 1971 de Newton, "Black capitalista" re-analisados: Ele escreve:

    
Quando cunhou a expressão "Todo o poder ao povo", que tínhamos em mente enfatizando a palavra "poder" para nós reconhecemos que a vontade de poder é a unidade básica do homem. Mas é errado buscar o poder sobre as pessoas. Temos sido submetido ao poder desumanizante de exploração e racismo por centenas de anos; e a comunidade negra tem a sua vontade de poder também. O que buscamos, no entanto, não é poder sobre as pessoas, mas o poder de controle de nosso próprio destino. (Newton 227)

É difícil de ler tais palavras sem encontrar Nietzsche se ele cita-o ou não, para o tema central é inevitável; ". . . a vontade de poder é a unidade básica do homem. "

Newton foi, no fundo, a um nível fundacional profunda, um nietzschiano. Na verdade, ele estava mais nietzschiano do que marxista, porque muitas vezes ele criticou o marxismo como dogmática. O marxismo foi uma maneira; Nietzscheanismo objectivo subjacente era a maneira: o poder.

No entanto, Nietzsche, ao contrário de Fanon ou presidente Mao, não era leitura obrigatória.

Elaine Brown escreve que, a mando de Huey, o Partido estabeleceu uma escola para a liderança do partido para tentar familiarizá-los com idéias filosóficas gerais:

    
Agora eles estavam querendo saber sobre seu instituto ideológica. Eu vi as questões como os quadros de liderança local veio trooping para Oakland a partir de lugares tão distantes como Boston, Filadélfia e Chicago, para dois dias de sessões bi-mensais aprendizagem liderados por Huey. Onde estava o material sobre os porcos, eles pareciam perguntar, como nós estudamos não só com Mao e Marx, mas Aristóteles e Platão. Onde estava o material sobre guerrilha urbana? Suas expressões transmitida, como Huey levou-nos em discussões sobre as filosofias de Rousseau e Kant, [sic] Kierkegaard e Nietzsche, sobre existencialismo e do determinismo e livre-arbítrio. Eu vi seus rostos quando examinamos e questionou as teorias do capitalismo e do socialismo e do comunismo. Huey perguntando se o nosso uso sistemático dos testes do materialismo dialético significava nada. Se, no âmbito de um materialista dialético análise, nada "lado de fora" do processo, que nega que o processo em si, ele perguntou? (Brown 255-56)

Huey Newton foi, por necessidade, um homem de ação, mas ele sempre foi também um homem de idéias. Ele era tão como um analfabeto; ele tornou-se ainda mais quando ele começou a ler e acrescentou exponencialmente ao seu armazém de idéias.

Como um materialista dialético, ele sabia que tudo estava em um estado de fluxo; que a mudança era a única constante. Como Nietzsche, ele sabia que só poderia influenciar o poder que a mudança, e direcioná-lo ao longo de seu curso desejado.

Uma necessária a vontade de poder.

Huey não tinha falta dessa qualidade.

Quando ele foi para a prisão, ele conhecia cada Panther na Califórnia, para ele ou Bobby ele (ou ela) tinha recrutado. Quando ele foi libertado em sede de recurso, em 1970, ele saiu para um grupo que ele nem conhecia, nem construído. Havia Panthers em Boston, Harlem, Filadélfia e Detroit.

Ele não sabia que essas pessoas, mesmo se todos eles foram inspirados por ele. Se você não conhece alguém, como você poderia confiar nele?

Para adicionar insulto à injúria, programa Cointelpro do FBI tinha cartas falsas enviadas a ele, ostensivamente de outros panteras, criticando seu governo, criticando outros Panthers e até mesmo ameaçando-o.

Quem eram essas pessoas? ele deve ter se perguntado.

Assim, usando sua poderosa vontade, ele encolheu o partido, provavelmente com a intenção de reconstruí-lo, à sua imagem nietzschiana.

Isso não era para ser.

Ele tentou, com toda sua força, para mudar a história.

Mas a história é uma amante cruel. Ela adora, ela acaricia, e ela se move, criando novos dias, novas possibilidades e novas realidades.

Dr. Huey Newton ousei esforçar-se; e inspirado milhões de lutar também contra um sistema torcido, quebrado, racista. Ele construiu uma organização que sacudiu as gaiolas dos oprimidos e opressores iguais.

Então, como o verdadeiro nietzschiana ele era, ele quebrou-o em mil pedaços.

Ele viveu. Ele se rebelou. Ele inspirou. Ele morreu.

Mas acima de tudo, ele se rebelou.

Isso é mais do que a maioria de nós pode dizer.


Edited by macaense, 23 January 2016 - 01:01 PM.

  • 0




0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users

Copyright © 2020 Pravda.Ru